Quem é Robert Shiller? Perfil e Impacto do Influente Economista no Mundo Financeiro

Robert Shiller é um economista e acadêmico americano nascido em 1946 em Detroit. Ele é professor de Economia na Universidade de Yale e é conhecido por seu trabalho em finanças comportamentais, economia comportamental e análise de bolhas financeiras.

Shiller é reconhecido por sua pesquisa no campo da avaliação de ativos e por desenvolver o índice Case-Shiller de preços de moradias nos Estados Unidos, usado como uma referência importante no mercado imobiliário.

Carreira profissional

Após obter seu doutorado, Shiller juntou-se ao corpo docente da Universidade da Pensilvânia. Lá, ele começou a trabalhar no desenvolvimento de uma nova abordagem para a avaliação de ativos, que mais tarde seria conhecida como finanças comportamentais.

A exuberância irracional

Um dos temas centrais da pesquisa de Robert Shiller é a exuberância irracional nos mercados financeiros, que se refere à tendência dos investidores de superestimar os ativos, levando a bolhas financeiras e colapsos subsequentes.

Shiller cunhou o termo “exuberância irracional” em seu livro de 2000, “Exuberância Irracional”, no qual argumenta que os investidores muitas vezes se deixam levar pelas emoções em vez de seguir uma análise rigorosa dos fundamentos do mercado. Em particular, ele apontou que o investimento em ações na década de 1990 estava sendo amplamente impulsionado pela emoção, o que levou a uma bolha nos preços das ações que finalmente estourou na crise do mercado de ações de 2000.

Shiller continuou trabalhando na análise da exuberância irracional nos mercados financeiros, e usou sua experiência para prever várias crises financeiras, incluindo a crise do mercado de ações de 2008 e a bolha imobiliária dos Estados Unidos.

Em sua pesquisa, Shiller argumentou que os investidores podem ser impulsionados por uma variedade de fatores emocionais, incluindo medo, ganância e otimismo excessivo. Ele defendeu a necessidade de um estudo mais aprofundado da psicologia dos investidores para entender melhor o comportamento do mercado e ajudar a prevenir futuras crises financeiras.

Prêmio Deutsche Bank de Economia Financeira

Em 2009, Robert Shiller recebeu o Prêmio Deutsche Bank de Economia Financeira por suas contribuições ao campo da economia financeira. O prêmio é concedido anualmente a um indivíduo que fez contribuições notáveis no campo da economia financeira e demonstrou uma habilidade excepcional para comunicar ideias complexas de maneira clara e acessível.

O prêmio reconheceu o trabalho de Shiller em finanças comportamentais e sua habilidade para identificar e prever bolhas financeiras e crises econômicas. Em particular, destacou-se seu trabalho no desenvolvimento do índice Case-Shiller de preços de moradias nos Estados Unidos.

Prêmio Nobel

Em 2013, Robert Shiller foi agraciado com o Prêmio Nobel de Economia, juntamente com Eugene Fama e Lars Peter Hansen, por suas contribuições à análise empírica dos preços dos ativos financeiros e sua relação com os fundamentos econômicos.

Filosofia de investimento

A filosofia de investimento de Robert Shiller baseia-se em uma perspectiva de longo prazo e na ideia de que os mercados financeiros nem sempre são eficientes ou racionais. Ao contrário de algumas abordagens mais especulativas ou baseadas na busca de lucros a curto prazo, Shiller enfatiza a importância da diversificação, gestão de riscos e o reconhecimento da influência de fatores psicológicos e emocionais nas decisões de investimento.

Shiller defendeu a abordagem do investimento em valor, que se concentra na compra de ativos subvalorizados em relação ao seu valor fundamental. Em seu livro “Exuberância Irracional”, Shiller também sugere que os investidores devem estar cientes dos ciclos econômicos e das mudanças no sentimento do mercado que podem afetar a avaliação dos ativos.

Além disso, Shiller falou sobre a importância do investimento em imóveis e outros ativos tangíveis, como uma forma de diversificar e reduzir o risco em uma carteira de investimentos.

O PER ajustado ou PER de Shiller

Robert Shiller popularizou em seu livro “Exuberância Irracional” o termo PER ajustado ou CAPE ratio (Cyclically Adjusted Price-to-Earnings ratio), uma medida de avaliação de mercado. É uma versão ajustada da relação P/E tradicional sendo usada para avaliar se o mercado de ações está sobrevalorizado ou subvalorizado em relação à média histórica.

O PER ajustado é calculado dividindo o preço atual das ações pela média móvel de 10 anos dos lucros ajustados pela inflação. Segundo Shiller, essa medida oferece uma melhor perspectiva de longo prazo da avaliação do mercado de ações, suavizando as flutuações de curto prazo nos lucros e nos ciclos econômicos.

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Corretora confiável com 1,54 milhão de contas de clientes e capital de US$ 10,01 bilhões, listada na Nasdaq.

Comissões baixas e melhor execução de preços possíveis graças ao sistema IB SmartRoutingSM.

Plataformas e ferramentas de negociação gratuitas – poderosas o suficiente para traders profissionais, mas projetadas para todos.

Depósito minimo:

R$0.00

Artigos Relacionados

Small Caps: definição e como investir
As “small caps” são empresas listadas cuja capitalização de mercado é considerada pequena em relação a outras empresas listadas no mercado. Com base na capitalização de mercado, temos as “small cap”, as “mid cap” e as “large cap”, sendo as “small ...

Deixar uma Resposta

Leave a Comment

Sii il primo a commentare!
Commento