O que é a B3 e como ela funciona?

Entender a fundo o que é a B3, a empresa que administra o mercado de capitais brasileiro, e qual é a sua importância para a economia, é fundamental para todos os perfis de investidores. 

Responsável por intermediar as negociações de ações, títulos públicos, fundos imobiliários, derivativos e outros ativos, além de oferecer serviços de custódia, registro, compensação e liquidação, a B3 é o resultado da união entre a BM&FBOVESPA e a Cetip, duas das maiores instituições financeiras do país. 

A B3 é uma das maiores do mundo em valor de mercado

Mas o que isso significa na prática? Como saber o que é a B3 pode ajudar você a realizar seus objetivos financeiros? Quais são as vantagens e os riscos de investir na bolsa? 

Aqui, você vai descobrir como a B3 funciona e quais são os seus principais produtos. Acompanhe!

b3

O que é a B3 e qual o seu papel?

A B3, sigla para Brasil, Bolsa, Balcão, é a bolsa de valores do Brasil, que resultou de várias fusões entre outras bolsas e empresas do mercado financeiro. 

Ela tem origem na primeira bolsa do país, criada em 1808 no Rio de Janeiro, e se consolidou como a maior da América Latina após se unir com a Cetip em 2017.

— Mas o que é uma bolsa de valores

De maneira resumida, a bolsa de valores é um lugar onde as pessoas podem comprar e vender diferentes tipos de ativos financeiros.

Esses ativos representam uma parte do valor ou do direito de uma empresa, de um imóvel, de um governo ou de um produto.

Para entender o que é a B3, basta imaginar que ela organiza, intermedia e garante a segurança dessas negociações, usando sistemas eletrônicos e tecnologia avançada. 

Ela também oferece serviços de custódia, registro, compensação e liquidação, que são etapas importantes para que as operações sejam concluídas com sucesso.

A B3 é muito importante para a economia do Brasil, pois ela facilita o acesso ao mercado de capitais, que é o conjunto de recursos financeiros que as empresas e os governos podem usar para investir em seus projetos. 

Assim, a B3 ajuda a gerar empregos, renda e desenvolvimento para o país.

Ela é uma instituição regulada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que é o órgão responsável por fiscalizar e normatizar o mercado de capitais no Brasil. 

A CVM tem o poder de aplicar sanções e multas em caso de irregularidades ou fraudes.

Quem é o dono da B3?

Entender o que é a B3 significa entender que ela é uma empresa de capital aberto, ou seja, suas ações são negociadas na própria bolsa de valores. 

Sendo assim, não há um único dono da B3, mas vários acionistas que possuem participação na empresa, sendo a maior parcela formada por fundos de investimento, bancos, corretoras e outras instituições financeiras.

Um dos fundos de investimento que tem uma grande fatia da B3 é a Blackrock, considerada a maior gestora de ativos do mundo.

Como a B3 funciona?

A função da B3 é oferecer um ambiente seguro, transparente e eficiente para que investidores, empresas, bancos, corretoras e outras instituições possam comprar e vender diversos tipos de ativos, como:

  • Ações: partes do capital social de uma empresa. Quem compra ações se torna sócio da empresa e pode receber parte dos lucros, além de ter direito a votar em algumas decisões, dependendo do tipo de ação negociada;
  • Fundos imobiliários: fundos que investem em imóveis ou em títulos relacionados ao setor imobiliário. Quem compra cotas de fundos imobiliários recebe uma renda mensal, que vem do aluguel ou da venda dos imóveis;
  • Opções: são contratos que dão o direito de comprar ou vender um ativo por um preço determinado em uma data futura. Quem compra opções pode lucrar se o preço do ativo se mover na direção esperada, mas pode sofrer perdas caso o movimento seja inverso;
  • Contratos futuros: acordos para comprar ou vender um ativo em uma data futura por um preço fixado hoje. Quem compra ou vende contratos futuros pode se proteger de variações de preços ou especular sobre eles;
  • ETFs: fundos que replicam o desempenho de índices, como o Ibovespa, que reúne as ações mais negociadas na bolsa. Quem compra cotas de ETFs pode diversificar seus investimentos de forma simples e barata;
  • Commodities: produtos básicos, como soja, milho, café, petróleo, ouro, etc. Quem compra ou vende commodities pode se beneficiar das oscilações de oferta e demanda desses produtos no mercado internacional.

Para negociar esses ativos na B3, assim como outros exemplos, como criptomoedas e debêntures, é preciso ter uma conta em uma corretora de valores, que é a intermediária entre o investidor e a bolsa. 

A corretora cobra uma taxa de corretagem por cada operação realizada, além de outras taxas e impostos. A B3 também cobra uma taxa de emolumentos, que é uma remuneração pelo serviço prestado.

Veja também: Melhores Corretoras de Investimentos Locais do Brasil

Durante o período de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, as ordens de compra e venda são registradas, executadas, compensadas e liquidadas pela B3, que também divulga as informações sobre os preços, as quantidades e os volumes negociados. 

Quais empresas compõem a B3?

A B3 tem mais de 400 empresas listadas, que são de diversos setores da economia, como:

  1. Bancos e seguradoras;
  2. Consumo e varejo;
  3. Energia e saneamento;
  4. Indústria e construção;
  5. Saúde e educação.

Bancos e seguradoras

Instituições financeiras que oferecem serviços de crédito, investimento, seguros, previdência, entre outros. 

Alguns exemplos de empresas desse setor na B3 são: 

  • Banco do Brasil (BBAS3);
  • Bradesco (BBDC3 e BBDC4);
  • Itaú Unibanco (ITUB3 e ITUB4);
  • Santander (SANB3 e SANB4);
  • BB Seguridade (BBSE3);
  • Porto Seguro (PSSA3);
  • SulAmérica (SULA11).

Consumo e varejo

Produzem ou vendem bens e serviços para o consumo das pessoas, como alimentos, bebidas, vestuário, cosméticos, eletrodomésticos, etc, como:

  • Ambev (ABEV3);
  • BRF (BRFS3);
  • JBS (JBSS3);
  • Lojas Americanas (LAME3 e LAME4);
  • Magazine Luiza (MGLU3);
  • Natura (NTCO3);
  • Via Varejo (VVAR3).

Energia e saneamento

São empresas que geram, transmitem, distribuem ou comercializam energia elétrica, gás natural ou água e esgoto. 

Exemplos de empresas de energia e saneamento na B3: 

  • Cemig (CMIG3 e CMIG4);
  • Copel (CPLE3 e CPLE6);
  • EDP Brasil (ENBR3);
  • Engie Brasil (EGIE3);
  • Neoenergia (NEOE3);
  • Sabesp (SBSP3);
  • Transmissão Paulista (TRPL4).

Indústria e construção

Fabricam ou constroem produtos, máquinas, equipamentos, materiais ou infraestrutura, tendo empresas na lista como: 

  • Braskem (BRKM5);
  • CSN (CSNA3);
  • Gerdau (GGBR3 e GGBR4);
  • Klabin (KLBN11);
  • Petrobras (PETR3 e PETR4);
  • Vale (VALE3);
  • Weg (WEGE3).

Saúde e educação

Prestam serviços de saúde, como hospitais, laboratórios, planos de saúde ou de educação, como escolas, universidades, cursos, etc. 

Alguns exemplos são: 

  • Dasa (DASA3);
  • Fleury (FLRY3);
  • Hapvida (HAPV3);
  • Notre Dame Intermédica (GNDI3);
  • Cogna (COGN3);
  • Estácio (YDUQ3);
  • Kroton (KROT3).

Qual a diferença entre Bovespa e B3?

Bovespa era o nome da antiga bolsa de valores de São Paulo, que surgiu em 1890 e se uniu com outras bolsas regionais em 2000. Em 2008, a Bovespa se fundiu com a BM&F, a bolsa de mercadorias e futuros, formando a BM&FBovespa.

Portanto, a principal diferença entre Bovespa e B3 é que a Bovespa era uma bolsa de valores regional, que se tornou nacional, e que se fundiu com outras bolsas e instituições, dando origem à B3, que é a bolsa de valores oficial do Brasil, que abrange diversos tipos de ativos e serviços.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é a B3 e deseja fazer parte dos seus 6,21 milhões de investidores, acesse o artigo completo sobre como escolher entre as melhores corretoras do mercado e comece sua rotina de investimentos!

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Corretora confiável com 1,54 milhão de contas de clientes e capital de US$ 10,01 bilhões, listada na Nasdaq.

Comissões baixas e melhor execução de preços possíveis graças ao sistema IB SmartRoutingSM.

Plataformas e ferramentas de negociação gratuitas – poderosas o suficiente para traders profissionais, mas projetadas para todos.

Depósito minimo:

R$0.00

Artigos Relacionados