O que é a Curva de Coppock e como é interpretada?

A Curva de Coppock é um indicador de dinâmica de preços de longo prazo projetado para identificar os principais mínimos no mercado de ações.

Seu cálculo é baseado em uma média móvel ponderada de 10 meses da combinação de duas taxas de câmbio: uma taxa de 14 meses e uma taxa de 11 meses para o índice.

É comumente referido como “Guia de Coppock”. Esta metodologia foi introduzida em 1962 por Edwin Sedgwick Coppock na Barron's.

Introdução aos osciladores de reversão

Os osciladores de reversão, geralmente localizados na parte inferior de um gráfico, movem-se dentro de uma determinada faixa e são vitais na identificação de condições de sobrecompra ou sobrevenda no mercado.

Definição e conceito de osciladores de investimento em análise técnica

Osciladores de reversão são indicadores técnicos que oscilam entre dois valores extremos, normalmente num intervalo como 0 e 100. O seu objetivo é detectar momentos em que um ativo financeiro possa estar sobrevalorizado (sobrecompra) ou subvalorizado (sobrevenda) em comparação com o seu preço histórico.

Estes indicadores oferecem informações sobre a dinâmica interna dos preços, referindo-se à velocidade e magnitude dos movimentos de preços.

Importância e papel dos osciladores de reversão na detecção de tendências

A detecção de tendências é essencial no análise técnica , e é aqui que os osciladores desempenham um papel crucial. Sua principal função é apontar potenciais pontos de reversão no mercado.

Por exemplo, quando um oscilador atinge um valor extremo, como 100 numa escala de 0 a 100, pode sugerir que o ativo está sobrecomprado e pode estar prestes a corrigir para baixo. Por outro lado, um valor próximo de 0 pode indicar uma condição de sobrevenda, o que pode sugerir uma possível reversão ascendente.

Além disso, os osciladores ajudam a confirmar as tendências existentes. Durante uma tendência de alta, se um oscilador continuar a exibir condições de sobrecompra, isso pode ser interpretado como um sinal de que a tendência é robusta e tem chance de continuar.

Qual é a curva de Coppock?

A curva de Coppock é um reconhecido indicador da dinâmica dos preços na área financeira, focado principalmente na detecção dos fundos ou principais mínimos do mercado de ações.

Explicação e características da curva de Coppock

A curva de Coppock foi originalmente projetada para identificar oportunidades de compra de longo prazo em índices de ações. É conhecido por ser um indicador que procura determinar os momentos ideais para investir após uma queda significativa do mercado, ou seja, após uma correção de mercado ou uma fase de baixa.

As principais características deste oscilador são:

  • É um indicador de impulso de longo prazo.
  • Foi introduzido por Edwin Sedgwick Coppock em 1962.
  • Possui natureza oscilante, com movimentos acima e abaixo do valor zero.

Como é calculado e sua interpretação no mercado financeiro?

O cálculo da curva de Coppock envolve uma média móvel ponderada de 10 meses da soma de duas taxas de variação: uma taxa de variação de 14 meses e outra taxa de variação de 11 meses do índice em questão.

Interpretação:

  • Quando a curva de Coppock passa de negativa para positiva (move-se acima da linha zero), é um sinal de compra. Este movimento sugere que o mercado pode estar iniciando uma fase de alta.
  • Por outro lado, quando a curva desce e cruza a linha zero, embora não seja tradicionalmente considerado um sinal de venda, pode ser um sinal para o investidor ser cauteloso ou reconsiderar as suas posições.
  • É importante notar que a curva de Coppock é melhor utilizada em combinação com outros indicadores e técnicas de análise técnica para obter uma perspectiva mais completa do mercado.

Uso e aplicações da curva de Coppock

A curva de Coppock, projetada para identificar fundos nos mercados de ações, ganhou reconhecimento e utilidade em diversas áreas da análise técnica. A sua natureza oscilante fornece aos investidores informações valiosas sobre possíveis mudanças de tendências e pontos de entrada no mercado.

Usando a curva de Coppock como indicador de mudança de tendência

O principal apelo da curva de Coppock reside na sua capacidade de sinalizar potenciais mudanças nas tendências do mercado, especialmente na identificação de fundos após descidas significativas. As principais interpretações são:

  • Crossover Positivo: Quando a curva passa de valores negativos e cruza a linha zero para cima, é um sinal de compra. Isto sugere que o mercado pode ter encontrado um fundo e estar entrando em uma fase de alta.
  • Embora o cruzamento negativo (quando a curva cai abaixo da linha zero) não seja tradicionalmente considerado um forte sinal de venda, pode ser um indicativo de que a recuperação do mercado pode estar a perder impulso.

Combinar a curva de Coppock com outros indicadores para melhorar a precisão

Para aumentar a eficiência e reduzir sinais falsos, muitos analistas combinam a curva de Coppock com outros indicadores técnicos. Aqui estão algumas estratégias:

  • Médias Móveis: Combinar a curva de Coppock com médias móveis pode ajudar a confirmar os sinais. Por exemplo, um sinal de compra de Coppock que também coincide com um cruzamento de média móvel positivo pode ser visto como uma confirmação mais forte de uma mudança de tendência de alta.
  • Indicadores de Momentum: Ferramentas como o RSI (Índice de Força Relativa) ou o MACD (Moving Average Convergence/Divergence) pode ser usado em conjunto com a curva Coppock para validar a força ou fraqueza da dinâmica do mercado.
  • Níveis de suporte e resistência: Esses níveis, onde os preços têm mostrado historicamente resistência a movimentos acima (resistência) ou abaixo (suporte), podem complementar os sinais da curva de Coppock. Se a curva sugerir um sinal de compra e o preço estiver próximo de um forte nível de suporte, isso poderá aumentar a confiança para entrar no mercado.

Exemplo prático da Curva de Coppock:

Para calcular a Curva de Coppock usaremos uma série fictícia de preços mensais para um índice do mercado de ações.

Série de Preços Mensais do Índice Fictício:
Meses:
1 (janeiro): 5000
2 (fevereiro): 5100
3 (março): 5150

12 (dezembro): 5300
13 (janeiro do próximo ano): 5250
14 (fevereiro) ) : 5200

Suponha que queiramos calcular a Curva de Coppock para fevereiro do próximo ano:

Taxa de câmbio de 14 meses:
(PriceMonth14-PriceMonth1)/PriceMonth1
(5200−5000)/5000=0,04 ou 4%

Taxa de câmbio de 11 meses:
(PriceMonth14-PriceMonth3)/PriceMEs3
(5200−5150)/5150=0,0097 ou 0,97%

Soma das taxas de câmbio:
4

Aplique uma média móvel ponderada de 10 meses à soma das taxas de câmbio. Para este exercício simplificado, vamos supor que, após aplicação da média móvel ponderada, obtemos um valor de 4,5%.

Assim, em fevereiro do ano seguinte, a Curva de Coppock seria de 4,5%. Se este valor fosse superior a zero e representasse um aumento em relação ao mês anterior (indicando uma transição de um valor negativo para um positivo), seria interpretado como um sinal de compra de acordo com a Curva de Coppock.

Tickmill

8/ 10

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Execução rápida sem recotações, todas as estratégias de negociação permitidas.

Spreads desde 0.0 pips

Regulado por la FSA

*Tickmill não é regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) no Brasil. Não realizamos nenhuma atividade de marketing ativo nem oferta pública de valores para residentes no Brasil.

Depósito minimo:

R$508.39

Artigos Relacionados

O que é Teoria de DOW na análise técnica
A análise técnica é uma ferramenta essencial para os investidores que buscam obter vantaegens no mercado financeiro. Ela consiste em estudar os padrões de comportamento dos preços dos ativos, utilizando gráficos, indicadores e outras ferramentas m...