Você sabe o que é o armazenamento em frio? Melhores dispositivos

Desde o início do Bitcoin em 2009, o impacto econômico da criptomoeda foi tão evidente quanto significativo. E como as criptomoedas são descentralizadas, grande parte da responsabilidade de armazená-las de forma segura recai sobre o proprietário.

Se você perder ou for roubado sua criptografia, não há ninguém para quem você possa ligar para recuperá-la.

É por isso que muitos investidores em criptomoedas conscientes da segurança recorreram ao armazenamento em frio para manter suas moedas seguras.

O que é armazenamento em frio?

O armazenamento em frio de criptomoedas, também conhecido como cold storage, refere-se ao armazenamento offline de tokens ou moedas.

Em outras palavras, o armazenamento em frio de criptomoedas é o processo de armazenar criptomoedas fora de linha e, portanto, longe de possíveis ameaças on-line.

Esse tipo de armazenamento geralmente é usado para armazenar grandes quantidades de dados que não precisam ser acessíveis imediatamente, como os dados das transações de criptomoedas.

O armazenamento em frio de criptomoedas é considerado mais seguro do que o armazenamento em calor, pois os dados estão isolados e não estão expostos aos ataques de hackers. No entanto, o armazenamento em frio também pode ser mais caro e complexo de gerenciar.

Como funciona o armazenamento em frio?

Todo o armazenamento de criptomoedas gira em torno da proteção das chaves de sua criptografia. Com o armazenamento em frio, suas chaves são mantidas fora de linha, exceto durante o processo de transação.

Existem duas chaves (cadeias de dados criptográficos) para criptomoedas: uma chave pública e uma chave privada. A chave pública identifica a carteira criptográfica específica durante as transações. A chave privada é o código que permite ao proprietário acessar a criptografia na carteira.

Para ver um exemplo de como funciona o armazenamento em frio, suponha que você tem uma carteira de hardware. Para usá-lo, primeiro conecte-o ao seu computador. Em seguida, escolha a opção de receber criptografia, que gerará um endereço.

Você pode enviar sua criptografia para este endereço para armazená-la em sua carteira fria. O dispositivo tem suas chaves públicas e privadas, então, uma vez desconectado do seu computador, essa informação está completamente fora de linha.

Se você quiser transferir criptografia de sua carteira fria para outro endereço, é um processo semelhante. Conecte a carteira fria ao seu computador, insira o endereço e envie sua criptografia

Como escolher um armazenamento em frio para criptomoedas?

Com uma ampla gama de opções de armazenamento em frio de criptomoedas disponíveis, é importante considerar uma série de fatores ao escolher o adequado para armazenar suas criptomoedas. Abaixo, alguns dos fatores que você deve considerar:

Segurança

Como mencionado anteriormente, o armazenamento em frio de criptomoedas é considerado muito mais seguro do que o armazenamento online ou “hot storage”. No entanto, é importante lembrar que nem todos os dispositivos ou métodos de armazenamento em frio são igualmente seguros. Portanto, é importante verificar a quantidade de pinos ou as opções de configuração de cada dispositivo antes de tomar uma decisão.

Facilidade de uso

Outro fator importante a considerar ao escolher um armazenamento em frio para criptomoedas é a facilidade de uso. Embora seja mais seguro que o armazenamento online, também é mais complexo. Portanto, é importante considerar a facilidade de uso do dispositivo e o quão confortável você se sente para usá-lo.

Preço

O preço, sem dúvida, é um fator que você não pode ignorar. Neste caso, existem dispositivos que têm preços a partir de US$ 99.

Quais são os melhores dispositivos de armazenamento em frio de criptomoedas?

Existem vários dispositivos de armazenamento em frio de criptomoedas disponíveis no mercado, e cada um tem suas próprias vantagens e desvantagens.

Abaixo, alguns dos melhores dispositivos de armazenamento em frio de criptomoedas:

Ledger Nano S

Ledger Nano S é um dispositivo de armazenamento em frio de criptomoedas que se conecta ao computador via USB e permite armazenar e gerenciar suas criptomoedas de forma segura.

Este dispositivo possui uma tela OLED através da qual você pode ver e confirmar as transações, e também tem um botão físico que é usado para confirmar as transações.

Ledger Nano S é compatível com uma ampla gama de criptomoedas, incluindo Bitcoin, Ethereum, Litecoin

Trezor Modelo T

Foi criado em 2013 e tem o antecedente de ter sido o primeiro carteira deste tipo, mantendo uma excelente qualidade e carregamento rápido.

Este dispositivo conta com uma tela sensível ao toque de alta resolução a cores, o que permite ao usuário ver e confirmar as transações de forma clara e precisa. É compatível com uma ampla gama de criptomoedas, incluindo Bitcoin, Ethereum, Litecoin, Dogecoin e mais.

Armazena as chaves privadas e públicas em uma CPU segura e, portanto, é uma das melhores opções de armazenamento em frio para criptomoedas.

KeepKey

Conecta-se ao computador através de USB e permite ao usuário armazenar e gerenciar suas criptomoedas de forma segura. Este dispositivo conta com uma tela OLED de alta resolução, o que permite ao usuário ver e confirmar as transações de forma clara e precisa.

KeepKey tem suporte para PC em sistemas operacionais Mac, Linux e Android e suporta cerca de 30 tipos diferentes de criptoativos.

BitLox

Criado em 2017 de origem suíça, dentro de suas características conta com memória stick incorporada na qual é guardada a informação de acesso. Bitbox é de tipo USB

CoolWallet S

Seu design é semelhante a um cartão e geralmente é usado apenas para transações, sua conexão é através de bluetooth.

Paper Wallet

Ao contrário dos dispositivos de hardware de armazenamento em frio mencionados anteriormente, um paper wallet não é um dispositivo físico. Em vez disso, um paper wallet se refere a um método de armazenamento em frio de criptomoedas no qual as chaves privadas e públicas são impressas em um papel. Como tal, um paper wallet é considerado um dos métodos de armazenamento em frio mais seguros para criptomoedas.

Os paper wallets são uma boa opção para aqueles que procuram um método de armazenamento em frio seguro e simples. No entanto, é importante ter em mente que, como um paper wallet é um método de armazenamento em frio offline, é necessário um maior nível de conhecimento e habilidade para configurá-lo e usá-lo.

Qual opção é mais conveniente: armazenamento em frio ou em quente?

Para obter o melhor dos dois mundos, aqueles que decidiram que as criptomoedas são uma boa investimento muitas vezes usam uma combinação de armazenamento em quente e em frio. Eles mantêm a maior parte de sua criptografia em armazenamento em frio, mas usam uma carteira quente para quantidades menores e para o comérc

Dado a importância de manter sua criptografia segura, o armazenamento a frio é uma opção inteligente a considerar. Uma carteira de hardware é uma compra única e acessível, especialmente se você planeja fazer um investimento sério em criptomoedas.

Tickmill

8/ 10

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Execução rápida sem recotações, todas as estratégias de negociação permitidas.

Spreads desde 0.0 pips

Regulado por la FSA

*Tickmill não é regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) no Brasil. Não realizamos nenhuma atividade de marketing ativo nem oferta pública de valores para residentes no Brasil.

Depósito minimo:

R$508.39

Artigos Relacionados

Melhores Cursos de Trading no Brasil
Atualmente, a popularização dos investimentos tem impulsionado uma crescente busca por conhecimento no mundo do trading. Investidores de todos os níveis estão percebendo a importância de uma formação especializada e sólida para tomar decisões m...