O que é um repo? | Tudo o que você precisa saber

Repo” é a abreviação de “repurchase agreement” (acordo de recompra), sendo um instrumento financeiro utilizado principalmente no mercado de renda fixa. Trata-se de uma forma de empréstimo de curto prazo, frequentemente usado por instituições financeiras, como bancos e fundos de hedge, para obter liquidez rapidamente. O funcionamento de um repo envolve duas partes: o vendedor, que concorda em vender títulos com a promessa de recomprá-los em uma data futura pré-determinada, e o comprador, que adquire esses títulos e recebe uma taxa de juros acordada quando os vende de volta ao vendedor na data de vencimento.
Neste artigo veremos tudo relacionado com as repo. Veremos o que são, suas principais características, os tipos que existem, sua função e as diferentes maneiras de investir nelas.

Características do Repo

Vejamos as características desta operação de bolsa

Características das REPO

As operações de repo são normalmente realizadas com títulos especialmente de dívida pública como são os bônus, letras e obrigações do estado

O pacto de recompra é realizado sob uma taxa de juros determinada pela qual o investidor receberá seu dinheiro mais um benefício e este dependerá das taxas de juros da dívida pública
É uma ferramenta de política monetária dos bancos centrais, através da qual o investidor fornece um empréstimo à instituição financeira, sob a garantia de um título de dívida pública
O objetivo é geralmente a obtenção de liquidez a curto prazo pelos bancos

Um repo é como ir a uma casa de penhores e conceder ao cliente um empréstimo ficando com algo que lhe pertence. Ao contrário deste exemplo, via um repo, a “casa de penhores” ficará com um ativo de dívida pública e haverá um pacto de recompra que o banco cumprirá.

Tipos de repo

Os repos são distinguidos conforme a sua duração, ao poderem ser de um dia a vários meses.

Dependendo de quem é o seu guardião pode ser:

  • Bilaterais: o banco ou instituição financeira que oferece o repo é o guardião do mesmo. Só é aceito pelos clientes, quando o banco é sólido e de alta confiança.
  • Trilaterais: existe uma terceira parte neutra que guarda o repo. São os mais utilizados hoje em dia.

Outro tipo de Repos:

  1. Repo com outros ativos: nestes repos, o contrato de recompra é realizado em vez de títulos de dívida fixa com outros ativos como ações, hipotecas ou outros tipos de obrigações.
  2. Repo inverso: é um contrato de repo do ponto de vista do investidor. Na mesma operação, uma das partes chamará repo e a outra parte chamará repo inverso.

Vantagens do repo

Seu risco é muito baixo já que enquanto emprestamos dinheiro ao banco somos proprietários do título da dívida pública. Os retornos não são muito altos.

Os repos de curto prazo, como dias ou semanas, são ideais para aqueles que querem investir seu dinheiro em um ativo muito seguro como a dívida pública sem a necessidade de investir por períodos mais longos, como geralmente é necessário para investimentos em dívida pública, e com a capacidade de recuperar nosso dinheiro em um tempo garantido, independentemente das flutuações que os títulos da dívida pública tenham no mercado.

Função desta operação financeira

O Repo realiza três funções básicas fundamentais para muitas outras funções do mercado:

  1. Permite a uma das partes investir dinheiro e ganhar juros sobre esse dinheiro, com um bem entregue como garantia. A entidade contraparte pode pedir dinheiro emprestado para financiar uma posição longa no mesmo ativo.
  2. Outra parte pode obter um retorno emprestando um ativo que está em demanda em condições favoráveis. A entidade contraparte pode pedir emprestado o mesmo ativo para cobrir uma posição curta.
  3. Para os credores de dinheiro em espécie (compradores repo), o repo oferece um investimento seguro porque:
  • O comprador recebe garantias para cobrir seu risco de crédito do vendedor.
  • O comprador pode diversificar seu risco de crédito adotando uma garantia real emitida por um terceiro cujo risco de crédito não está correlacionado com o risco de crédito do vendedor.
  • Pode reduzir o risco de crédito derivado de empréstimos, mas também pode mitigar o risco de liquidez. Pode atender a qualquer necessidade imprevista de liquidez durante a vida do repo vendendo na garantia de um terceiro, seja por outro repo ou uma venda direta (que, claro, depois terão que comprar o mesmo tipo de garantia de volta para voltar ao repo contraparte no final da cessão temporária).

É importante notar que para investir em repo seria necessário ter uma conta de valores aberta com nosso banco ou instituição financeira.

Como investir em Repos?

É necessário abrir uma conta de valores em um banco ou instituição financeira para poder investir em um repo. Uma das vantagens de um repo em comparação com outros tipos de investimentos e derivativos é o perigo ser essencialmente nulo. Somos os proprietários do título da dívida pública enquanto emprestamos o dinheiro ao banco, o que significa que nossos retornos não serão muito altos.

As recompras a curto prazo, como dias ou semanas, são mais adequadas para pessoas que procuram investir seu dinheiro em um ativo muito seguro como os títulos do Estado. Sem ter que dedicar longos períodos como geralmente é exigido pelos títulos da dívida pública, e podendo recuperar nosso dinheiro sem depender das flutuações do mercado dos títulos da dívida pública.

Espero que este post tenha te ajudado. Qualquer dúvida ou sugestão, deixe nos comentários

Artigos Relacionados