O que é o Free Float ou Capital Flutuante e como calculá-lo

Caso você precise saber sobre O que é o Free float ou Capital Flutuante? e como calculá-lo, você pode ler o seguinte artigo onde pode consultar os principais aspectos sobre o que é, seu cálculo e importância para a empresa.

O que é o capital flutuante ou Free Float. Definição e significado

O chamado capital flutuante-ou em inglês Free float- é nada mais nada menos que a porcentagem de ações em circulação de uma determinada empresa e que pode ser adquirida por um grupo de investidores.

Essas ações em circulação têm a característica de não serem controladas pelos acionistas majoritários da empresa nem pelos investidores estratégicos. Isso significa que estão disponíveis para os investidores decidirem se é conveniente adquiri-las nos mercados secundários.

Por que o capital flutuante é importante para a empresa?

A importância do Free Float para a empresa é que permite dispor de uma porcentagem significativa de ações que circulam como capital flutuante. A lógica usada é que, quanto mais capital flutuante, maiores são as facilidades para os investidores no mercado. Portanto, quanto maior o capital flutuante em circulação, os investidores que adquirem essas ações terão melhores chances de atrair o interesse de um comprador/vendedor, caso pretendam comprar ou vender ações.

Existe a proposta em certos mercados de ações de aplicar uma regulamentação ou uma norma que permita definir qual é a porcentagem ideal de capital flutuante para as empresas. Além disso, as ações dispostas como capital flutuante permitem fornecer liquidez aos mercados secundários e uma maior profundidade e previsibilidade. Um valor agregado para as empresas é que, ao dispor de um alto capital flutuante, melhora-se o processo de formação de preços e, ao mesmo tempo, evita-se a volatilidade também.

Como calcular o capital flutuante

Antes de conhecer a fórmula para calcular o capital flutuante de uma empresa, deve-se destacar que quando a empresa listada tem um alto nível de capital flutuante no mercado de valores, terá uma melhor imagem. Isso se deve a ter uma maior quantidade de ações em circulação, permitindo uma maior facilidade para adquirir essas ações, com a vantagem de não alterar o valor do seu preço ao comprá-las ou vendê-las, conforme o caso.

Devido à maior liquidez, permite que a volatilidade seja controlada, o que faz com que as ações não registrem uma forte flutuação. Portanto, o capital flutuante tem vantagens para a empresa, os investidores e o mercado de valores.

Fórmula para calcular o capital flutuante

Capital flutuante (free float) = Ações em circulação – Ações restritas

Exemplo:

Total de ações: 350.000 títulos / Ações restritas: 50.000 títulos / Capital Flutuante = 350.000 – 50.000 = 300.000 ações.

A fórmula é composta porDefinição
Ações em circulaçãoRefere-se ao total de ações onde o capital da empresa é dividido.
Ações restritasSão as ações disponíveis para os acionistas do grupo dominante ou acionistas de controle, também conhecidos como acionistas majoritários.
São ações excluídas para compra e venda no mercado de valores.

Em conclusão, significa que, o capital flutuante de uma empresa é o resultado da subtração do total de ações que a empresa emitiu ações em circulação das ações restritas.

Artigos Relacionados