O que são títulos podres em ações?

Um título podre é um tipo de título considerado de alto risco e que tem uma alta probabilidade de não ser reembolsado. Esses títulos geralmente são emitidos por empresas ou estados que têm dificuldades financeiras ou um histórico de inadimplência, e geralmente oferecem uma taxa de juros mais alta do que outros tipos de títulos para compensar o risco de investir neles.

Esses títulos (chamados de high yield em inglês) geralmente têm uma classificação de crédito muito baixa, o que significa que as agências de classificação de risco consideram que há uma alta probabilidade de a entidade não cumprir suas obrigações de pagamento.

As agências de classificação de risco, como Standard & Poor's (S&P) e Fitch, usam diferentes escalas para avaliar a qualidade de crédito dos títulos e outros instrumentos financeiros.

Em geral, um título é considerado podre quando tem uma classificação de crédito muito baixa, sendo menor ou igual a BB+ na escala da S&P e Fitch. Aqueles títulos que estão acima deste nível (de BBB- para cima), são classificados como de grau de investimento.

No caso da agência Moody’s, os títulos podres têm um grau de classificação de Ba1 para baixo, enquanto o grau de investimento é de Baa3 para cima.

No entanto, é importante ter em mente que essas classificações são apenas um guia e que o risco de investir em um título depende de muitos outros fatores além da classificação. Por isso, sempre é recomendado fazer uma pesquisa cuidadosa antes de investir em qualquer tipo de título.

Riscos de investir em um título podre

Os riscos de investir em um título podre são principalmente os seguintes:

  • Risco de default: É a probabilidade de que o emissor não cumpra com o pagamento da dívida. É o risco mais significativo no caso dos títulos podres.
  • Alta volatilidade: Os títulos podres apresentam maior volatilidade em seu preço do que aqueles títulos de grau de investimento. Inclusive, esses movimentos podem ser semelhantes aos do mercado de ações. Em contrapartida, os títulos de grau de investimento mostram maior estabilidade ao longo do tempo.
  • Risco de taxa de juros: É o risco de aumento da taxa de juros do mercado, levando a uma queda no preço do título. Lembre-se de que o preço do título e a taxa de juros estão inversamente relacionados. Além disso, quanto maior o prazo de vencimento do título, maior é esse risco, ao haver mais chances de movimentação nas taxas de juros.
  • Risco de liquidezÉ o risco de que o título não possa ser facilmente vendido para se tornar líquido, e a um preço que reflita seu verdadeiro valor. Os títulos podres geralmente apresentam um risco de liquidez maior do que aqueles de grau de investimento.

Como investir em um título podre?

Para investir em títulos junk, eles podem ser adquiridos diretamente através de um intermediário (o corretor), ou você pode investir em um fundo mútuo, ou um ETF que, por sua vez, possui títulos junk em seu portfólio.

Antes de investir em um título junk, é importante ler o prospecto, que fornece informações sobre o emissor, e também detalha os termos da emissão, como taxa de juros, valor nominal, entre outros.

Outro ponto a considerar é que uma maneira de reduzir o risco de taxa de juros é usar a estratégia de escada de títulos. Isso significa que você investirá, ao mesmo tempo, em títulos com datas de vencimento diferentes.

Tipos de título podrees

Existem dois tipos de título podres:

  • Anjos caídos: São títulos que perderam seu grau de investimento, ou seja, uma agência de classificação rebaixou sua classificação de crédito, por exemplo, por problemas na gestão da empresa emissora.
  • Estrelas em ascensão: Um título que teve sua classificação elevada porque o emissor melhorou sua qualidade de crédito, no entanto, não foi suficiente para alcançar o grau de investimento.

Embora ambos os tipos de títulos sejam lixo, a diferença está no ponto de partida e na percepção. Enquanto os anjos caídos, com mais história, tiveram sua classificação reduzida por perspectivas negativas, as estrelas em ascensão estão sendo consideradas investimentos cada vez mais “seguros” pelo mercado.

Vantagens e desvantagens dos títulos lixo

As principais vantagens dos títulos lixo são:

  • Oferecem um maior rendimento, apesar da volatilidade, sendo mais adequados para investidores com baixa aversão ao risco.
  • Pode-se investir diretamente ou através de um fundo mútuo, ou ETF.
  • Estratégias como a escada de títulos podem ser aplicadas para reduzir o risco de taxa de juros.

No entanto, também existem algumas desvantagens, que são principalmente os riscos que explicamos anteriormente:

  • Apresentam mais volatilidade do que os títulos de grau de investimento.
  • Maior risco de default do que os títulos de grau de investimento.
  • Maior risco de liquidez, ou seja, de que o investidor não possa vender e converter o título em dinheiro.

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Corretora confiável com 1,54 milhão de contas de clientes e capital de US$ 10,01 bilhões, listada na Nasdaq.

Comissões baixas e melhor execução de preços possíveis graças ao sistema IB SmartRoutingSM.

Plataformas e ferramentas de negociação gratuitas – poderosas o suficiente para traders profissionais, mas projetadas para todos.

Depósito minimo:

R$0.00

Artigos Relacionados