Entenda o significado do Efeito Lindy

O efeito Lindy é um termo que se refere à ideia de que a expectativa de vida de um objeto ou tecnologia é proporcional ao tempo que tem sido usado. Isso significa que quanto mais tempo algo tem sido usado, provável é que continue funcionando por um período igualmente longo no futuro. Esta ideia foi proposta pela primeira vez pelo historiador americano Albert Goldman em 1964 como a Lei de Lindy e popularizada posteriormente no livro Antifrágil de Nassim Nicholas Taleb, e se aplica a uma ampla variedade de produtos, desde tecnologias até modas.

O termo “efeito Lindy” deriva de um clube de jazz em Nova York chamado Lindy's, onde se dizia que “o tempo em Lindy's é proporcional à idade dos clientes”. A partir disso, Albert Goldman estabeleceu sua teoria sobre a Lei de Lindy, que afirmava que a duração da popularidade de uma estrela do rock é diretamente proporcional ao tempo que eles estão no negócio, ou seja, quanto mais tempo uma estrela do rock tem estado no negócio, mais tempo é provável que sua popularidade dure. Esta teoria se aplica a estrelas do rock ou a estreias na Broadway, mas também pode ser aplicada a outras formas de entretenimento e cultura popular, como filmes, livros e programas de televisão.

Continuando com a analogia, se comparamos as obras de Mozart e Harry Styles, podemos ver que a música de Mozart tem estado presente por mais de 250 anos, enquanto Harry Styles por cerca de uma década. Isso sugere que é razoável esperar que a fama de Harry Styles dure por cerca de outra década, enquanto é razoável pensar que Mozart continuará a ser reconhecido por pelo menos mais 250 anos. Quanto mais tempo tem existido, maiores são as chances de continuar a existir.

Como usar o efeito Lindy para tomar decisões de investimento

Conforme o efeito Lindy, embora possa haver altos e baixos no desempenho a curto prazo, a longo prazo, as empresas ou setores que têm sucesso tendem a manter sua longevidade. Isso significa que as empresas ou setores que existem há um longo período e têm um histórico sólido de sucesso e crescimento podem ser boas opções de investimento a longo prazo. Por outro lado, empresas ou setores que são novos ou têm um histórico de sucesso limitado podem ser mais propensos a desaparecer em um futuro próximo.

Artigos Relacionados

Deixar uma Resposta

Leave a Comment

Sii il primo a commentare!
Commento