Melhores ETFs sobre Cibersegurança

A recente guerra e invasão na Ucrânia trouxeram de volta o conceito de Guerra Fria 2.0, que já estava bastante quente devido às tensões entre os EUA e a China. Por isso, reafirmo minha ideia de que a cibersegurança desempenhará um papel de suma importância e terá muitos ventos a favor, já que grande parte deste novo confronto ocorrerá nas redes sociais e no ciberespaço.

Antes existiam as chamadas “zonas tampão” onde ocorriam os confrontos bélicos da Guerra Fria e onde o custo econômico para ambas as partes era mínimo, embora o custo humanitário continuasse sendo enorme. Por exemplo, Vietnã, Coreia, Afeganistão. Agora a situação mudou devido aos 30 anos de globalização (que provavelmente começará a diminuir). Como temos visto e estamos vivendo, os conflitos bélicos e as sanções econômicas nos afetam a todos. Por isso, acredito que essas “zonas tampão” se expandirão além das linhas geográficas de um mapa.

Agora, mais do que antes, tudo é um alvo de ciberataque. Não apenas a espionagem corporativa e política que a China e a Rússia realizavam. A isso devemos adicionar serviços básicos e públicos, redes sociais, celulares, mensagens e qualquer dispositivo conectado à Internet.

O que é Cibersegurança e por que é interessante para investir?

A cibersegurança são todos os aspectos para proteger indivíduos, uma organização, seus funcionários e ativos contra ameaças cibernéticas. O avanço e evolução das ameaças na internet e vetores nos meios de comunicação digital fizeram com que os ataques cibernéticos se tornassem mais comuns e sofisticados, ao mesmo tempo que as redes corporativas e sociais se tornam mais complexas.

Devido a essa complexidade, existem diferentes ramos da cibersegurança:

  • Segurança de Redes
  • Segurança na Nuvem
  • Segurança de Ponta a Ponta
  • Segurança de dispositivos móveis
  • Segurança da Internet das Coisas (IoT em inglês)
  • Segurança em Aplicações
  • Segurança de Infraestrutura

Além dos ventos de cauda que mencionei no início do artigo, também é verdade que todos nós temos orçamentos que contemplam a segurança da informação, desde multinacionais até famílias, portanto, tornou-se uma necessidade e certamente essa tendência continuará com os emergentes, se não é que muitos já estão aplicando.

A tendência de aumento dos ataques cibernéticos importa, mas ainda mais importante é a adoção preventiva, quase necessária, do software dessas empresas e sua atualização contínua. Isso oferece 3 vantagens competitivas duradouras importantes: Vendas recorrentes, poder para fixar preços e Lock-in.

Quais são as ameaças para a indústria de cibersegurança?

O primeiro e também o elo mais fraco é o ser humano, e as seguintes são as ameaças mais comuns onde tropeçamos:

  • URLs e e-mails suspeitos
  • Backups e atualizações
  • Senhas fracas
  • Informações pessoais
  • Não bloquear dispositivos

Depois das anteriores, também temos outras que podem ou não usar nossa ingenuidade:

  • Phishing
  • Spyware
  • Hacking de firmware
  • IP spoofing
  • Ransomware
  • Engenharia social
  • DDos
  • Botnets
  • Rootkits
  • Injeção SQL

Melhores ETFs para investir em Cibersegurança

Existem ETFs que tentam replicar o comportamento deste mercado, incorporando em seu portfólio empresas cuja principal fonte de renda é a cibersegurança.

A seguir, uma lista dos ETFs disponíveis no Brasil Espanha com melhor retorno acumulado em 3 anos.

ETF

Ticker

TER

3a%

First Trust Nasdaq Cybersecurity UCITS ETF Acc

CBRS

0.60

37.84

Rize Cybersecurity and Data Privacy UCITS ETF

RCRS

0.45

10.15

L&G Cyber Security UCITS ETF

USPY

0.69

9.38

Global X Cybersecurity UCITS ETF USD Accumulating

BUG

0.50

L&G Emerging Cyber Security ESG Exclusions UCITS ETF USD Accumulating

ES6Y

0.49

WisdomTree Cybersecurity UCITS ETF USD Acc

W1TB

0.45

cnta demo ibkr

Análise do First Trust Nasdaq Cybersecurity UCITS ETF Acc

O ETF procura seguir o índice Nasdaq CTA Cybersecurity que tem em carteira empresas que fornecem serviços de cibersegurança e são cotadas no Nasdaq.

Possui uma réplica completa e sua moeda base é o USD. Não tem cobertura de moeda. Está domiciliado na Irlanda e sua política de dividendos é de acumulação. Sua volatilidade anual é de 26.11%

A seguir, uma decomposição de sua carteira por subindústria:

Estas são as principais posições do ETF:

Análise do Rize Cybersecurity and Data Privacy UCITS ETF

O ETF busca replicar o índice Foxberry Tematica Research Cybersecurity & Data Privacy que possui em carteira empresas globais listadas que obtêm a maioria de suas receitas de atividades relacionadas à cibersegurança e ao setor de privacidade de dados.

Segue uma réplica completa e sua moeda base é o USD. Não possui cobertura de moeda. Está domiciliado na Irlanda e sua política de dividendos é de acumulação. Sua volatilidade anual é de 29,01%.

A seguir, uma divisão por país de seu portfólio:

E estas são as principais posições do ETF:

Análise do L&G Cyber Security UCITS ETF

Este ETF procura replicar o índice ISE Cyber Security UCITS que possui em carteira empresas cotadas nos mercados pertencentes ao Nasdaq International Securities Exchange e cujas atividades estão relacionadas à cibersegurança.

Segue uma réplica completa e sua moeda base é o USD. Não possui cobertura de moeda. Está domiciliado na Irlanda e sua política de dividendos é de acumulação. Sua volatilidade anual é de 27,59%.

A seguir, uma decomposição de sua carteira por moeda, setor e suas principais posições:

Conclusões

A cibersegurança é um setor em expansão e uma possível aposta para o futuro. É um mercado muito de nicho e às vezes é difícil separar empresas “pure play” que têm como seu principal negócio a segurança online de outras que a têm como uma linha de negócio mais. Por isso, esses ETFs podem ser uma boa alternativa para captar a valorização do setor como um todo e não cometer erros na seleção de valores. Além disso, devemos verificar o índice que replica, pois podem haver diferenças significativas entre os retornos e objetivos dos diferentes ETFs.

Algo para finalizar é que devemos levar em conta que ao se tornar uma indústria onde os interesses e a segurança nacional desempenham um papel importante, então as políticas públicas e decisões dos governos terão muita influência no futuro.

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Corretora confiável com 1,54 milhão de contas de clientes e capital de US$ 10,01 bilhões, listada na Nasdaq.

Comissões baixas e melhor execução de preços possíveis graças ao sistema IB SmartRoutingSM.

Plataformas e ferramentas de negociação gratuitas – poderosas o suficiente para traders profissionais, mas projetadas para todos.

Depósito minimo:

R$0.00

Artigos Relacionados