Descubra o que é o “crossover” em trading

Na área de análise técnica do mercado de ações , o termo crossover refere-se a um evento específico refletido em um gráfico financeiro de uma determinada ação. Este evento ocorre quando duas linhas, que representam, por um lado, o preço de um título e, por outro, um determinado indicador técnico , se cruzam.

Introdução ao Crossover

Esse cruzamento é de extrema importância para analistas e corretoras, pois é amplamente utilizado para estimar a possível trajetória ou desempenho futuro daquele instrumento financeiro específico.

Além disso, funciona como um sinal precoce, ajudando investidores e traders a prever potenciais mudanças na direção do preço das ações, permitindo-lhes tomar decisões de investimento mais informadas e estratégicas.

Definição e conceito de Crossover em análise técnica

Na análise técnica, o termo cruzamento refere-se a um momento específico em um gráfico onde duas linhas, geralmente representando preços e/ou indicadores se cruzam.

Esses pontos de intersecção podem estar entre duas médias móveis de períodos diferentes, entre o preço de uma ação e uma média móvel, ou ainda entre um indicador e sua linha de sinal, como é o caso do Indicador MACD .

A ocorrência de um cruzamento é vista por muitos traders como um sinal potencial para tomar uma decisão de compra ou venda, dependendo da natureza e da direção do cruzamento.

Importância e aplicações do Crossover nas estratégias de Trading

O crossover tem papel fundamental em diversas estratégias de trading , pois fornece sinais visuais claros e objetivos sobre possíveis mudanças na tendência de um ativo. A sua importância reside na sua capacidade de ajudar os traders a identificar os pontos ideais de entrada e saída.

Por exemplo, quando uma média móvel de curto prazo ultrapassa uma média de longo prazo, isso pode ser interpretado como um sinal de compra, sugerindo que a tendência está mudando na direção de alta. Por outro lado, um cruzamento descendente pode ser um sinal de venda.

Tipos de crossover na negociação

Existem vários tipos de cruzamentos que traders e analistas usam para identificar potenciais oportunidades de investimento e tomar decisões estratégicas. Estes cruzamentos são essencialmente pontos de intersecção entre diferentes indicadores ou entre um indicador e o preço de um ativo.

Crossover de média móvel: como identificar sinais de compra e venda

Um dos cruzamentos mais populares e amplamente utilizados na análise técnica são os médias móveis . Este tipo de cruzamento ocorre quando uma média móvel de um determinado período (por exemplo, 50 dias) cruza outra de um período diferente (por exemplo, 200 dias).

  • Sinal de compra : Quando uma média móvel de curto prazo cruza acima de uma média de longo prazo, isso geralmente é interpretado como um sinal de alta ou de compra. Indica que a dinâmica recente do ativo é mais forte do que a sua tendência de longo prazo.
  • Sinal de venda : Pelo contrário, quando uma média móvel de curto prazo cruza abaixo de uma média de longo prazo, é considerado um sinal de baixa ou de venda. Isso sugeriria que o ativo poderia estar entrando em tendência de baixa.

Outros tipos de Crossover usados em diferentes indicadores

Além do cruzamento da média móvel, existem outros cruzamentos relevantes na análise técnica, associados a diferentes indicadores:

  • MACD (Moving Average Convergence Divergence): É um dos indicadores mais conhecidos que utiliza cruzamentos. O sinal é produzido quando a linha MACD cruza a linha de sinal, indicando possíveis mudanças na tendência do ativo.
  • Cruzamento Estocástico : Como mencionado acima, este cruzamento ocorre quando a linha K (rápida) cruza a linha D (lenta) no indicador estocástico , ajudando a identificar condições de sobrecompra ou sobrevenda.
  • Crossovers RSI (Índice de Força Relativa): Embora não seja um crossover no sentido tradicional, quando o O RSI cruza níveis predeterminados como 30 (sobrevenda) ou 70 (sobrecompra), pode ser um sinal de mudança de tendência.

Uso de Crossover na Negociação

O cruzamento permite que os traders identifiquem potenciais pontos de viragem no preço de um ativo, sugerindo momentos oportunos para entrar ou sair de uma posição. No entanto, embora possa ser poderoso por si só, a sua eficácia é melhorada quando combinada com outras ferramentas e indicadores.

Como combinar o Crossover com outras ferramentas de análise

Para maximizar a precisão e reduzir sinais falsos, é prudente integrar cruzamentos com outras ferramentas de análise técnica. Algumas das combinações mais comuns incluem:

  • Suporte e Resistência : Esses níveis são pontos em um gráfico onde o preço teve dificuldade de se mover acima (resistência) ou abaixo (suporte). Se um cruzamento ocorrer próximo a esses níveis, poderá reforçar o sinal fornecido pelo cruzamento.
  • Indicadores de Momentum : Assim como o RSI ou o Estocástico, esses indicadores podem ajudar a confirmar a força por trás de um movimento sugerido por um cruzamento. Por exemplo, se houver um cruzamento de alta e o RSI estiver subindo, isso poderá reforçar a ideia de que há uma dinâmica de alta.
  • Volume : Um aumento no volume pode confirmar a validade de um sinal cruzado. Por exemplo, se um cruzamento de alta for acompanhado por um aumento significativo no volume, isso sugere que há uma forte convicção por trás do movimento.

Exemplo prático de operações baseadas em Crossover

Situação inicial:

  • Preço de uma ação “X”: Durante 10 dias consecutivos, os preços de fechamento foram de US$ 100, US$ 102, US$ 104, US$ 107, US$ 110, US$ 108, US$ 106, US$ 105, US$ 104 e US$ 107.
  • Média móvel de 5 dias (MM5): Para calculá-la é considerada a média dos preços de fechamento dos últimos 5 dias.
  • Média móvel de 10 dias (MM10): É obtida a média dos preços de fechamento dos últimos 10 dias.

Cálculos:

  • MM5 no décimo dia: (108 + 106 + 105 + 104 + 107) / 5 = $106.
  • MM10 no décimo dia: (100 + 102 + 104 + 107 + 110 + 108 + 106 + 105 + 104 + 107) / 10 = $ 105,3.

Dia 11:

  • Preço de fechamento da ação “X”: $ 109.

Para atualizar nossas médias móveis:

  • MM5 no dia 11: (106 + 105 + 104 + 107 + 109) / 5 = $ 106,2.
  • MM10 no dia 11: (102 + 104 + 107 + 110 + 108 + 106 + 105 + 104 + 107 + 109) / 10 = $ 106,2.

Interpretação:

No décimo dia, o MM5 estava ligeiramente acima do MM10 (US$ 106 vs. US$ 105,3), mas ainda não era um sinal claro. No entanto, no dia 11, após fechar em US$ 109, ambas as médias móveis coincidem em US$ 106,2, e o MM5 mostra uma tendência ascendente mais acentuada.

Operação baseada em crossover:

Com base no cruzamento da média móvel e assumindo que este é o único indicador que estamos usando:

  • Ações a serem tomadas: Poderíamos considerar a abertura de uma posição longa (compra) na ação “X” no final do dia 11 ou início do dia 12, antecipando uma possível continuação da tendência de alta.

Tickmill

8/ 10

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Execução rápida sem recotações, todas as estratégias de negociação permitidas.

Spreads desde 0.0 pips

Regulado por la FSA

*Tickmill não é regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) no Brasil. Não realizamos nenhuma atividade de marketing ativo nem oferta pública de valores para residentes no Brasil.

Depósito minimo:

R$508.39

Artigos Relacionados

O que é Teoria de DOW na análise técnica
A análise técnica é uma ferramenta essencial para os investidores que buscam obter vantaegens no mercado financeiro. Ela consiste em estudar os padrões de comportamento dos preços dos ativos, utilizando gráficos, indicadores e outras ferramentas m...