O que são ETFs temáticos e como investir neles?

Os ETFs (Exchange Traded Funds) são um dos instrumentos mais populares da atualidade.

Nos últimos anos, temos visto o desenvolvimento de opções para investir neles. Uma das principais novidades é a possibilidade de escolher fundos relacionados a determinados temas , também conhecidos como fundos temáticos.

Neste artigo vamos explorar o que são ETFs temáticos, suas características, vantagens e desvantagens, os diferentes tipos de temas disponíveis e como investir neles.

O que são ETFs temáticos?

Como o próprio nome diz, são fundos que focam em um tema (digitalização, sustentabilidade, biotecnologia, por exemplo).

Antes do surgimento deste tipo de fundos, a principal forma de escolher estratégias era seguir um índice (o S&P-500 , ou ACWI), ou um determinado setor (Europa, ou Energia).

A abordagem temática permite misturar diferentes estratégias, desde que se enquadrem no tema escolhido para investir.

Características dos ETFs temáticos

Uma das principais características dos ETFs temáticos é que permitem aos investidores obter exposição a setores e tendências específicos sem terem de selecionar ações individuais.

É um meio termo entre investir num mercado completo e escolher apenas ações.

Isso permite que os investidores alinhem seus investimentos com suas crenças. Se não quiser investir em nada relacionado com a indústria do tabaco, um fundo temático pode ser uma alternativa.

Vantagens e desvantagens de investir em ETFs temáticos

Sempre existem fatores positivos e negativos quando se comparam diferentes instrumentos de investimento. Entre as vantagens estão:

  • Acesso a setores em crescimento: Os ETFs temáticos permitem aos investidores explorar áreas da economia que deverão registar um crescimento significativo no futuro.
  • Diversificação: Ao investir em ETFs temáticos, os investidores ganham exposição a múltiplas empresas dentro de um tema específico, o que ajuda a diversificar o risco em comparação com o investimento em apenas uma ação promissora.

No entanto, também existem algumas desvantagens a serem consideradas:

  • Volatilidade: Alguns temas podem ser mais voláteis do que outros, o que pode levar a flutuações significativas no valor dos ETFs temáticos. Por exemplo, existem ETFs que investem na indústria de videojogos, que fazem parte da indústria da digitalização, que por sua vez faz parte da indústria tecnológica.
  • Concentração: Dependendo do tema escolhido, um ETF temático pode estar mais concentrado em um número limitado de empresas, o que aumenta o risco da carteira.
  • Custo: Alguns fundos cobram uma taxa mais elevada para permitir a exposição ao respectivo setor.

Tipos de ETFs temáticos

Embora a tendência tenha começado com fundos relacionados à sustentabilidade, surgem cada vez mais temas nos quais podemos investir. Alguns exemplos populares incluem:

1. Tecnologia : Nichos como inteligência artificial, segurança cibernética ou computação em nuvem.

2. Energias renováveis: Empresas que se dedicam a fontes de energia renováveis, como solar, eólica ou hidroelétrica.

3. Saúde: Empresas do setor da saúde, como farmacêutica, biotecnologia ou saúde.

4. Blockchain e criptomoedas: a tendência mais popular dos últimos anos

Estas são apenas algumas alternativas nas quais podemos investir graças a este instrumento.

Recursos e desempenho de alguns ETFs temáticos notáveis

ETF de inovação ARK (ARKK)

O ETF ARK Innovation tornou-se popular na indústria de fundos temáticos. Seu foco são tecnologias disruptivas (sendo a Tesla seu principal investimento).

Liderada por Cathy Wood, gerou retornos bem acima do mercado em 2020, atraindo bilhões de dólares de investidores. Nos anos seguintes, o resultado foi pior do que o esperado, principalmente devido ao alto risco assumido nas empresas de tecnologia.

ETF iShares Global de Energia Limpa (ICLN)

O ETF iShares Global Clean Energy concentra-se em empresas de energia limpa em todo o mundo. Teve um crescimento significativo no final de 2020 e manteve-se estável desde então.

ETF SPDR S&P Biotecnologia (XBI)

O ETF SPDR S&P Biotech é especializado em empresas de biotecnologia. O fundo registou um crescimento sustentado até ao início de 2021. Após um ajustamento de preços, manteve-se estável desde o início de 2023.

Como investir em ETFs temáticos

Investir em ETFs (Exchange Traded Funds) temáticos pode ser uma estratégia interessante para diversificar sua carteira e alinhar seus investimentos com tendências de mercado ou setores de sua preferência. No Brasil, o mercado de ETFs temáticos tem crescido, oferecendo uma variedade de opções para os investidores. Aqui estão alguns passos que você pode seguir para investir em ETFs temáticos no Brasil:

  1. Pesquisa e Educação:
    • Antes de tudo, é essencial entender o que são ETFs e como eles funcionam, especialmente os ETFs temáticos que focam em nichos específicos do mercado.
    • Faça uma pesquisa sobre os diferentes ETFs temáticos disponíveis no Brasil, analisando o desempenho passado, a gestão, os setores ou temas que cobrem, e as taxas associadas.
  2. Análise de Risco e Perfil de Investidor:
    • Avalie seu perfil de risco e seus objetivos financeiros. ETFs temáticos podem ser mais voláteis que ETFs tradicionais, portanto, é crucial entender o risco envolvido.
  3. Seleção de ETFs:
    • Selecione os ETFs temáticos que estão alinhados com seus interesses e objetivos de investimento. Pode ser benéfico diversificar entre diferentes temas ou setores.
  4. Abertura de Conta em uma Corretora:
    • Escolha uma corretora de valores que ofereça uma ampla gama de ETFs e abra uma conta. Compare as taxas de corretagem e a plataforma de negociação oferecida.
  5. Compra de ETFs:
    • Uma vez que sua conta esteja ativa, você pode começar a comprar ETFs temáticos através da plataforma de negociação da corretora.
  6. Monitoramento e Rebalanceamento:
    • Monitore o desempenho de seus ETFs temáticos e considere rebalancear sua carteira se necessário, para manter-se alinhado com seus objetivos de longo prazo.
  7. Consultoria Profissional:
    • Considere consultar um assessor financeiro para obter orientações sobre como os ETFs temáticos podem se encaixar em sua estratégia de investimento global.

Você pode comprar ETFs temáticos através de qualquer um desses intermediários no Brasil.

Interactive BrokersVer Mais
XP InvestimentosVer Mais
XTBVer Mais
ModalMaisVer Mais
OramaVer Mais

Dicas para escolher os ETFs temáticos certos

Embora eu ache que os fundos temáticos são uma ótima opção para nós, investidores, é importante ressaltar que eles devem fazer parte apenas do seu portfólio. Em geral, o risco destes fundos é maior do que o de um fundo que acompanha um índice.

Por isso, minha recomendação é que você tenha uma parte significativa de seus investimentos em opções mais seguras, e aos poucos se aventure em fundos temáticos. Tudo dependerá da sua disposição em correr riscos. Você pode começar aos poucos e ver como reage aos altos e baixos desses tipos de investimentos.

Graças aos ETFs temáticos, podemos ver os nossos investimentos além do risco e do retorno. Também poderemos associar uma componente de impacto às nossas poupanças. Poderemos investir em temas que se alinhem aos nossos valores e direcionar a sociedade para o futuro que desejamos.

Artigos Relacionados

Melhores ETFs para investir no Setor Financeiro
Os ETFs são uma alternativa para investir em um setor tão específico quanto o financeiro e assim captar sua evolução futura. Vale a pena ressaltar que o setor financeiro é amplo. É composto por bancos, companhias de seguros gerais, de vida, de ...

Deixar uma Resposta

Leave a Comment

Sii il primo a commentare!
Commento