O que são opções e para que servem?

Se você estiver interessado em começar a investir em opções, você deve primeiro conhecer as chaves desse tipo de produto derivado. Aprenda neste artigo quais tipos de opções existem e seus conceitos básicos.

O que são derivados financeiros?

Para explicar o que são as opções, primeiro precisamos considerar o que é um derivado financeiro.

Um derivado é um produto financeiro cujo valor deriva (normalmente) do ativo subjacente, ou seja, do ativo ao qual ele se refere. Com qualquer derivado financeiro, você só pode realizar três tipos de operações: especular, se proteger e arbitrar.

O que são opções?

O que é uma opção? Uma opção é um derivado financeiro que concede ao seu comprador o direito, mas não a obrigação, de vender ou comprar o subjacente no vencimento por um preço estabelecido antecipadamente.

Em outras palavras, o comprador de uma opção pode garantir o preço de compra ou de venda de um ativo para dentro de um determinado período de tempo (o vencimento).

Por outro lado, o vendedor de uma opção terá a obrigação de pagar no vencimento o benefício que o comprador de uma opção receberá.

Componentes de uma opção

Para entender bem as explicações que serão dadas mais adiante, precisamos ter claros os seguintes conceitos:

  • Prima: A prima é o preço da opção, é o que o comprador da opção paga por ter o direito de exercê-la ao vencimento.
    • nomenclatura que vamos usar nas fórmulas da prima de uma opção Call é “C” e da prima de uma opção Put é “P”.
  • Vencimento: Todas as opções têm vencimento, este é a data até a qual elas cotam e na qual se pode exercer o direito adquirido pelo comprador da opção pagando a prima.
    • Normalmente o vencimento costuma ser o terceiro sexta-feira de cada mês.
  • Preço de exercício ou strike: É o preço estabelecido ao qual o comprador da opção tem direito (mas não a obrigação) de comprar ou vender o ativo subjacente na data de vencimento.
    • nomenclatura que vamos usar nas fórmulas para designar o preço de exercício ou strike é “St”.

Quais tipos de opções existem?

Ao negociar nos mercados, encontraremos dois tipos de opções, as opções Call e as opções Put.

Opções Call

opção Call concede ao seu comprador o direito, mas não a obrigação, de comprar na data de vencimento o ativo subjacente a um preço estabelecido anteriormente, conhecido como preço de exercício ou strike.

A compra de uma opção call implica uma estratégia de alta, ou seja, se compramos uma opção call é porque temos expectativas de que o ativo subjacente vai subir.

Vamos dar um exemplo: imagine que o futuro do BOVESPA está agora perto dos 11.000 pontos e nossas expectativas para dezembro deste ano é que estará acima dos 11.500 pontos

O que podemos fazer? 

Para apostar que o BOVESPA estará acima dos 11.500 pontos em dezembro, compraremos uma opção call com preço de exercício (ou strike) de 11.500 pontos, para isso teremos que pagar uma prêmio que atualmente tem um valor de 143 pontos

Quando ganho dinheiro quando compro uma opção call? E quanto ganho?

Como dissemos no parágrafo anterior, nossa aposta é que para a terceira semana de dezembro o BOVESPA esteja acima dos 11.500 pontos. Será que

Se o BOVESPA nesta data estiver nos 11.501 pontos já ganho dinheiro?

A resposta é não.

Para saber a partir de quanto começaríamos a ganhar dinheiro, teremos que aplicar a seguinte fórmula:

(S0-St)-C

Sendo S0 o preço do subjacente (BOVESPA) na data de vencimento.

Com o que, se substituirmos os dados que sabemos hoje na fórmula e a igualarmos a 0, deixando como incógnita S0, teremos que para que nossa estratégia comece a gerar receitas, o BOVESPA terá que estar acima dos 11.643 pontos (11.500 + 143), mas a partir dos 11.500 pontos começa a reduzir a perda.

E quanto ganharíamos se o BOVESPA na data de vencimento estiver nos 12.000 pontos?

Bem, simplesmente teremos que voltar a aplicar a fórmula: (12.000 – 11.500) – 143 = 500 – 143 = 357 pontos de lucro.

Mas e se na data de vencimento o BOVESPA estiver abaixo dos 11.500 pontos, quanto perco?

Se na data de vencimento o BOVESPA estiver, por exemplo, nos 10.000 pontos, o comprador da opção simplesmente perde o que pagou por ela, ou seja, o prêmio, que é igual a 143 pontos.

representação gráfica da opção call do exemplo seria a seguinte:

opçao call

No eixo vertical, temos os benefícios e as perdas para cada valor do eixo horizontal, no qual é marcado o preço do subjacente, neste caso o BOVESPA.

Opções Put

Uma opção put dá ao seu comprador o direito de vender um determinado subjacente a um preço de exercício determinado em uma data futura estabelecida anteriormente (vencimento). A compra de uma opção putimplica uma estratégia de baixa, ou seja, apostamos que determinado subjacente caia em um determinado período de tempo.

Para continuar com o exemplo anterior, imagine que o BOVESPA, que no exemplo anterior estava nos 11.000 pontos, vai cair abaixo dos 10.000 pontos até dezembro. Para isso, teríamos que comprar uma opção Put com vencimento na terceira semana de dezembro e preço de exercício (ou strike) de 10.000 pontos.

Quando ganho dinheiro e quanto ganho com a compra de uma opção put? Para saber a partir de qual nível de cotação do BOVESPA começaria a ganhar se comprasse a opção put mencionada, devemos aplicar a seguinte fórmula:

(St-S0)-P

Se observarmos, a fórmula é diferente da compra de uma opção Call, pois quando compramos uma opção Put ganhamos dinheiro conforme o subjacente caia cada vez mais.

Dessa forma, começaremos a ganhar quando o futuro do BOVESPA cair abaixo dos 9.866 pontos (substituímos S0 da seguinte fórmula: (10.000 – S0) – 134 = 0).

Se ao vencimento o BOVESPA estiver nos 9.500 pontos, o lucro seria de cerca de 366 pontos, e a perda máxima a que optaríamos seria a prêmio, ou seja, 134 pontos.

opçao put

Quando se ganha dinheiro com uma opção?

Então, depois de ver todas as explicações e gráficos, podemos nos perguntar: quando se ganha dinheiro com uma opção? Isso depende de qual lado do balcão você está, e acontece quando:

  • Se for o vendedor da opção, o lucro virá da prêmio que o comprador da opção terá que pagar. E seu lucro dependerá de que seu contraparte não decida exercer. 
  • Se for o comprador da opção: seu lucro virá do movimento do ativo subjacente, e portanto, se fizer sentido exercer a opção.

Para que serve uma opção?

Como dissemos no início do post uma opção é um derivado financeiro, e com qualquer derivado financeiro podemos realizar três tipos de operações: especulação, cobertura e arbitragem.

especulação é uma aposta na alta ou na baixa do preço de um ativo, os exemplos que demos no tópico anterior são exemplos de especulação.

O que é cobertura?

Uma cobertura é uma operação que consiste na eliminação do risco de uma carteira ou ativo durante um período de tempo determinado, ou seja, com a cobertura podemos proteger nossa carteira.

Por exemplo, se um investidor tiver uma carteira que replica o BOVESPA e quiser se proteger até o final do ano, pode comprar uma opção put com um strike próximo aos níveis atuais do BOVESPA e com vencimento em dezembro.

Desta forma, se o BOVESPA cair e o valor de sua carteira diminuir, ele recupera essa perda com os benefícios da opção, e se o BOVESPA subir e o valor de sua carteira aumentar até dezembro, o investidor só terá perdido o prêmio, mas terá ganhado com a revalorização de sua carteira.

O que é arbitragem?

A arbitragem consiste em obter rentabilidade sem risco, aproveitando-se de “desajustes” do mercado, obviamente essas oportunidades não acontecem todos os dias nem estão ao alcance de todos.

Como posso operar com opções?

Para poder operar com opções, preciso fazê-lo através de um corretor, que atua como intermediário entre o mercado e nós. E, é claro, precisamos ter uma estratégia clara, que podemos implementar com opções.

Outro tópico relevante para o investidor é o tema dos dados em tempo real e seu custo associado.Normalmente, esse serviço costuma ter um custo relevante para um cliente, especialmente se for um cliente varejista.

Vantagens e Riscos das Opções Financeiras

Se você chegou até aqui, pode estar interessado em investir em opções financeiras.

Mas antes de fazê-lo, você deve conhecer muito bem as vantagens e riscos de fazê-lo, pois, como todos os produtos financeiros complexos, ele tem seus riscos. E, por outro lado, suas vantagens. Aqui estão elas:

Vantagens de Investir em Opções

Entre as vantagens que nos traz investir em opções, encontramos:

  • A quantidade de capital investido no início é muito baixa em relação à compra do ativo subjacente. É um produto alavancado.
  • Podemos limitar a perda, que será o que se paga pela prêmio da opção e ter um lucro ilimitado.
  • Existem estratégias nas quais se ganha se o mercado subir ou descer muito (se ganha se ou se, desde que o mercado se mova fortemente).
  • Investir em opções permite tomar posições de cobertura em relação aos movimentos do mercado. 

Desvantagens de investir em opções

  • São produtos financeiros complexos, portanto, são difíceis de entender para os novos investidores. Por isso, não é recomendado para investidores iniciantes. Investir usando este produto financeiro requer um maior conhecimento do mercado em comparação com outros tipos de investimentos.
  • Podemos perder até 100% do capital investido (no caso de ser o comprador da opção e não exercer).
  • Normalmente não têm muita liquidez, e como não há grande volume de operações, devemos esperar até o vencimento para recuperar o dinheiro investido.

As opções podem ter uma grande volatilidade de preços, colocando o investimento em risco.

Tickmill

8/ 10

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Execução rápida sem recotações, todas as estratégias de negociação permitidas.

Spreads desde 0.0 pips

Regulado por la FSA

*Tickmill não é regulada pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) no Brasil. Não realizamos nenhuma atividade de marketing ativo nem oferta pública de valores para residentes no Brasil.

Depósito minimo:

R$508.39

Artigos Relacionados

Trading com volume: guia para usá-lo corretamente
Neste guia vamos ver um dos indicadores de trading mais básicos e fundamentais na hora de realizar uma boa operação: o volume de negociação. Dessa forma, veremos o que é volume, como fazer trading com volume, suas características, teorias operacio...