Como investir em mineradoras de ouro por meio de ETFs do Brasil

Investir na mineração de ouro pode ser uma opção atraente para investidores que buscam diversificar seu portfólio e ganhar exposição aos preços do ouro . No entanto, é importante entender os riscos e benefícios de investir nesse setor antes de tomar uma decisão . Neste post ensinamos porque investir na mineração de ouro, as vantagens e desvantagens e como investir em mineração de ouro através dos melhores ETFs

Por que investir na mineração de ouro

O ouro tem sido considerado um porto seguro por séculos devido a sua estabilidade . Este metal tem valor universal e é aceito como meio de troca em todo o mundo. Em tempos de incerteza econômica ou política , o preço do ouro costuma subir à medida que os investidores buscam proteger seu capital em ativos seguros.

Além disso , o ouro possui valor intrínseco e é um bem tangível, tornando-o atraente para investidores que buscam proteger contra a inflação . Os investidores podem ganhar exposição ao ouro através da compra de moedas ou ouro, ou através da investimento na mineração de ouro .

Investir na mineração de ouro também oferece uma maneira de obter exposição direta ao preço do ouro. De acordo com dados da Morningstar, o preço das ações da mineração de ouro havia uma correlação de 0,79 com o preço do ouro nos últimos 5 anos . Isso significa que as ações dos mineradores de ouro subiram e desceram de acordo com o preço do ouro.

Em termos de retornos, de acordo com dados da Morningstar, o S&P/TSX Global Gold Miners' Index teve um rentabilidade média anual de 7,5% nos últimos 5 anos . Porém, é importante observar que isso não garante retornos futuros e é importante pesquisar e analisar o desempenho de cada mineradora individualmente .

Melhores ETFs para investir em ouro do Brasil

Uma maneira de obter uma exposição diversificada aos garimpeiros é por meio de ETFs que replicam um índice deste setor: 

  • VanEck Vectors Gold Miners ETF (GDX) : Este ETF tem uma ampla exposição aos principais mineradores de ouro do mundo. Segue o Índice NYSE Arca Gold Miners e teve um retorno médio anual de 9,2% nos últimos 5 anos . Leia a análise detalhada deste ETF . 
  • Global X Gold Explorers ETF (GOEX) : Este ETF se concentra em empresas de mineração de ouro que estão envolvidas na exploração e desenvolvimento de novos depósitos. Embora seu retorno tenha sido mais volátil do que o GDX, ele teve um retorno médio anual de 12,5% nos últimos 5 anos . 
  • iShares MSCI Global Gold Miners ETF (RING) . O ETF acompanha o MSCI ACWI Select Gold Miners Investable Market Index, que é composto por empresas de mineração de ouro de todo o mundo . O TER (Total Expense Ratio) deste ETF é de 0,39%. Em relação à rentabilidade, o ETF teve um retorno médio anual de 7,5% nos últimos 5 anos . 
  • Aberdeen Physical Gold Shares (SGOL): É um fundo lastreado em ouro físico, oferecendo uma opção segura e transparente para investidores. Cada barra de ouro é totalmente alocada e auditada independentemente, assegurando a integridade do investimento. Com uma taxa de administração competitiva de 0,17%, o SGOL se destaca no mercado. A transparência é reforçada pela documentação detalhada fornecida para cada barra de ouro, incluindo marca, número de série, forma, peso, ensaio e localização do cofre, proporcionando confiança adicional aos investidores.

Como investir em ETFs de ouro do Brasil ?

Investir em ETFs é muito simples, basta abrir uma conta em uma corretora ou corretor que ofereça os ETFs nos quais você deseja investir.

Aqui está uma lista de corretoras onde você pode negociar ETFs.

Vantagens e desvantagens de investir em ouro através de ETFs do Brasil

Investir na mineração de ouro pode ter várias vantagens e desvantagens :

Vantagens 

  • Exposição direta ao preço do ouro: Os estoques de mineração de ouro geralmente são altamente correlacionados com o preço do ouro, para que os investidores possam lucrar quando o preço do ouro sobe.
  • Rentabilidade potencial: os mineradores de ouro podem gerar lucros significativos se o preço do ouro aumentar e se a mineração for lucrativa.
  • Diversificação : _ Investir na mineração de ouro pode ajudar a diversificar um portfólio e reduzir o risco, especialmente durante os períodos de volatilidade do mercado. 

Desvantagens

  • Risco de preço – O preço do ouro é altamente volátil e pode cair significativamente em um curto período de tempo.
  • Risco de Mineração : A mineração é uma indústria de capital intensivo e acarreta riscos ambientais e operacionais . 
  • Risco político : Podem estar expostos a riscos políticos e mudanças regulatórias nos países em que operam . 

Em conclusão , investir na mineração de ouro por meio de ETFs pode fornecer exposição direta ao preço do ouro, lucratividade potencial e diversificação de uma carteira de investimentos. No entanto, é importante observar que o O desempenho passado não garante o desempenho futuro e esse desempenho pode variar no futuro. Além disso , os investidores devem pesquisar e analisar cuidadosamente os ETFs antes de tomar uma decisão de investimento . 

Você está pronto para diversificar sua carteira em um desses ETFs ?

Mercado:

Europa, USA, Ásia

Corretora confiável com 1,54 milhão de contas de clientes e capital de US$ 10,01 bilhões, listada na Nasdaq.

Comissões baixas e melhor execução de preços possíveis graças ao sistema IB SmartRoutingSM.

Plataformas e ferramentas de negociação gratuitas – poderosas o suficiente para traders profissionais, mas projetadas para todos.

Depósito minimo:

R$0.00

Artigos Relacionados

Melhores ETFs para investir no Setor Financeiro
Os ETFs são uma alternativa para investir em um setor tão específico quanto o financeiro e assim captar sua evolução futura. Vale a pena ressaltar que o setor financeiro é amplo. É composto por bancos, companhias de seguros gerais, de vida, de ...