Melhores ETFs para investir em prata a partir do Brasil

Neste artigo conheceremos a importância da prata, um dos metais preciosos, como ativo de investimento.

Existem várias maneiras de investir em prata, você pode comprar prata física na forma de moedas e barras, comprar ações de uma mineradora que negocia esse metal, ou também pode especular sobre a alta ou queda do preço da prata usando CFDs ou contratos por diferença. Mas aqui vamos nos concentrar em fundos negociados em bolsa, ETFs de prata .

Investir em prata pode ser uma boa ideia do ponto de vista do risco. Os metais preciosos, incluindo a prata e o ouro, são tipicamente anticíclicos. Isto significa que durante uma recessão, geralmente mantêm o seu valor ou aumentam.

Por que investir em prata através de ETFs

Investir em prata por meio de ETFs é uma forma de ganhar exposição ao preço desse metal precioso sem ter que comprá-lo fisicamente. Os ETFs são fundos negociados em bolsa que reproduzem o comportamento de um índice, de uma cesta de títulos ou de uma commodity; neste caso.

Algumas vantagens de investir em prata através de ETFs são:

  • Diversificação: você pode investir em prata junto com outros ativos como ações, títulos ou moedas.
  • Liquidez: Você pode comprar e vender facilmente ETFs no mercado, sem precisar armazenar ou transportar prata física.
  • Eficiência: Os ETFs geralmente têm taxas mais baixas do que outros produtos financeiros e refletem com precisão o preço da prata.

Investir em prata através de ETFs é uma forma de possuir prata através de um título que certifica um direito sobre a prata e não através da posse física. Esta forma de aquisição tem uma abordagem mais orientada para o investimento.

Os ETFs de prata são fundos negociados em bolsa que tentam replicar o desempenho da prata. Como dissemos no início, a prata tende a ter um bom desempenho em tempos de inflação, o que aumenta as chances de os ETFs de prata terem um bom desempenho como investimento quando a inflação aumenta.

O preço da prata na história

O preço da prata tem tido um comportamento histórico muito variável, dependendo de factores como a oferta e a procura, a inflação, o valor do dólar, a especulação e outros acontecimentos económicos e políticos.

Alguns dados sobre o comportamento histórico do preço da prata são:

  • O preço da prata é medido em onças troy, o que equivale a 31,1035 gramas.
  • O preço da prata é expresso em diferentes moedas, como o euro, a libra esterlina, o dólar americano ou o peso mexicano.

O preço da prata teve vários picos e quedas ao longo da história. Alguns dos mais notáveis são:

  • Em 1980, o preço da prata atingiu o seu máximo histórico em dólares, atingindo 49,45 dólares por onça, devido à especulação dos irmãos Hunt.
  • Em 1998, o preço da prata caiu para o seu nível mais baixo em dólares, situando-se em 4,06 dólares por onça, devido à crise financeira asiática e à superprodução.
  • Em 2011, o preço da prata subiu novamente para 48,70 dólares por onça, impulsionado pela crise da dívida europeia e pela procura de investidores e consumidores.
  • Em 2020, o preço da prata foi afetado pela pandemia da COVID-19 e pelas medidas de estímulo monetário. O preço da prata caiu para US$ 11,77 por onça em março e subiu para US$ 29,14 por onça em agosto.

Melhores ETFs de prata

SLV iShares Silver Trust

SLV iShares Silver Trust é um fundo negociado em bolsa (ETF) que busca replicar o comportamento do preço da prata física.

Algumas características deste ETF são:

  • Exposição ao movimento diário do preço do ouro.
  • Acesso conveniente e lucrativo à prata física.
  • Está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) sob o símbolo SLV1.
  • Possui comissão de administração ou taxa de patrocínio de 0,50% ao ano.
  • Tem uma capitalização de mercado de US$ 13 bilhões e um volume médio diário de 18 milhões de ações.
  • Sua referência é o preço da prata determinado pela London Bullion Market Association (LBMA) desde agosto de 2014. Anteriormente utilizava o London Silver Fix Price.
  • Tem como custodiante o banco JP Morgan Chase, que guarda as barras de prata em seus cofres em Londres e Nova York.
  • Não gera dividendos nem juros, mas depende da valorização ou desvalorização do preço da prata.
  • Use-o para diversificar seu portfólio e ajudar na proteção contra a inflação .

SIVR abrdn Physical Silver Shares ETF

SIVR abrdn Physical Silver Shares ETF é outro fundo negociado em bolsa (ETF) que busca replicar o comportamento do preço da prata física.

Algumas características deste ETF são:

  • Está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) sob o símbolo SIVR.
  • Possui comissão de administração ou taxa de patrocínio de 0,30% ao ano.
  • Tem uma capitalização de mercado de US$ 1,1 bilhão e um volume médio diário de 300.000 ações.
  • A sua referência é o preço da prata determinado pela London Bullion Market Association (LBMA).
  • Tem como custodiante o banco JP Morgan Chase, que guarda as barras de prata em seus cofres em Londres e Nova York.
  • Seu inspetor é a Inspectorate International, que verifica os cofres duas vezes por ano.
  • Não gera dividendos nem juros, mas depende da valorização ou desvalorização do preço da prata.

ETF Global X Silver Miners

O ETF Global X Silver Miners é um fundo negociado em bolsa (ETF) que busca replicar o desempenho de um índice de empresas de mineração de prata.

Algumas características deste ETF são:

  • Está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) sob o símbolo SIL.
  • Tem uma taxa de administração ou índice de despesas de 0,65% ao ano.
  • Tem uma capitalização de mercado de US$ 900 milhões e um volume médio diário de 500.000 ações.
  • É referenciado pelo Solactive Global Silver Miners Total Return Index, que inclui as maiores e mais líquidas empresas do setor.
  • É geograficamente diversificado, com exposição a países como Canadá, México, Peru, Estados Unidos e Rússia.
  • Possui concentração setorial, com 100% de seus ativos no setor de materiais.
  • Gera dividendos, com rentabilidade de 0,45%.

Como investir em ETFs Silver no Brasil?

Investir em ETFs de prata no Brasil é uma estratégia que permite aos investidores terem exposição ao valor da prata sem a necessidade de armazenar o metal fisicamente. Os ETFs, ou fundos negociados em bolsa, replicam o desempenho do preço da prata no mercado e podem ser negociados como ações na bolsa de valores.

No Brasil, os investidores podem optar por alguns ETFs que oferecem exposição ao ouro e prata. Alguns exemplos incluem:

  • GOLD11: Este é um ETF gerido pelo Banco do Brasil e busca refletir a variação e o desempenho do preço do ouro no exterior.
  • BSLV39: Este ETF, gerido pela BlackRock, é uma opção que busca refletir a variação e o desempenho do preço da prata no exterior.

Ambos os ETFs são negociados na B3 e podem ser adquiridos por meio de corretoras de valores. Vale ressaltar que é fundamental analisar as taxas de administração e outros custos associados a cada ETF, bem como entender os riscos envolvidos nesse tipo de investimento, que incluem a volatilidade do preço da prata no mercado internacional.

Passos para comprar ETFs de prata

Para investir em ETFs de prata no Brasil, o investidor deve possuir uma conta em uma corretora de valores. O processo é semelhante ao de comprar uma ação: você acessa o home broker da sua corretora, busca o ticker do ETF desejado e realiza a compra. É importante lembrar que, assim como qualquer investimento, os ETFs de prata possuem riscos e é essencial que o investidor faça uma análise prévia e/ou consulte um profissional de investimentos para alinhar a estratégia com seus objetivos financeiros.

Se você quiser saber mais sobre como investir em ETFs no Brasil, pode consultar este artigo do Rankia e se quiser conhecer todas as corretoras que oferecem ETFs, confira nosso comparativo: 10 Melhores Corretoras para comprar ETFs do Brasil

Artigos Relacionados

Melhores ETFs para investir no Setor Financeiro
Os ETFs são uma alternativa para investir em um setor tão específico quanto o financeiro e assim captar sua evolução futura. Vale a pena ressaltar que o setor financeiro é amplo. É composto por bancos, companhias de seguros gerais, de vida, de ...

Deixar uma Resposta

Leave a Comment

Sii il primo a commentare!
Commento